Como diferenciar doenças como resfriado, gripe e sinusite ?

U Fabíola Cunha    t 15 de julho de 2017


Com temperaturas mais baixas, as doenças respiratórias tornam-se mais comuns. Mas como diferenciar doenças como resfriado, gripe e sinusite, que têm sintomas tão parecidos?

como diferenciar doenças

Saber as diferenças é muito importante para quem pratica exercícios ao ar livre, como corrida; natação ou mesmo musculação dentro de uma academia. Um ambiente fechado cheio de pessoas é perfeito para propagar doenças respiratórias.

Veja agora a diferença entre resfriado, gripe e sinusite:

Resfriado

como diferenciar doenças

Uma infecção causada por mais de 200 tipos de vírus, que causa dor de garganta, seguida de nariz entupido e/ou escorrendo (muco claro). Depois, vem a tosse.

Demora poucos dias para passar e, se causar febre, será de menos de 37,5 °C. A fadiga é leve a moderada e dores no corpo são incomuns.

Gripe

como diferenciar doenças

Uma infecção causada por um de diversas cepas de vírus Influenza. Causa dor de garganta, congestão nasal, dor de cabeça, calafrios e tosse.

Náusea e vômitos podem atingir crianças e, com pouca frequência, adultos. Os sintomas evoluem rápido, dentro de horas.

Há febre, que pode ser de moderada a alta (acima de 37,5°C). A exaustão é enorme e dores no corpo generalizadas são intensas.

A maioria dos sintomas desaparece em um semana, mas o cansaço pode durar até 1 mês. É recomendável afastar-se do trabalho nos primeiros dias para não contaminar outras pessoas.

Outro problema é que a fadiga e dor podem prejudicar a capacidade motora e de raciocínio. Então ir trabalhar ou malhar gripado não é dedicação, mas irresponsabilidade.

Sinusite

como diferenciar doenças

É uma inflamação nas cavidades faciais, os chamados sinos. Pode ser “disparada” por um resfriado ou alergia a pólen, pelo de animais, etc.

Nariz escorrendo, entupido, com muco verde ou amarelo, acompanhado de dores e pressão atrás dos olhos, na maçã do rosto e testa.

Febre é incomum, mas a respiração difícil acaba causando dificuldades para dormir e, por consequência, cansaço. As dores se concentram mais no rosto e cabeça.

Caso os sintomas não passem ou piores em uma semana, corra para o médico – é possível que haja uma inflamação nos sinos.

Como diferenciar doenças e melhorar a imunidade?

Agora que você já sabe como diferenciar doenças respiratórias, é possível que esteja pensando que tem ficado doente com muita frequência. Saiba como melhorar sua imunidade com a matéria sobre a importância dos probióticos para a saúde!


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *