Descubra a verdade sobre o refrigerante zero

U Marcos A.    t 30 de outubro de 2015


Sempre tem alguém querendo controlar o peso, mas não quer fazer os sacrifícios necessários para tanto. O refrigerante zero, que garante ser livre de calorias, se tornou a melhor alternativa e geladeira de casa está cheio deles. Porém, muitos profissionais alertam: até mesmo esse tipo de bebida pode causar mal à saúde.

Descubra a verdade sobre o refrigerante zero

Aprenda a ter uma alimentação saudável e tenha resultado nos treinos.

Refrigerante Zero x Diet x Light

Essas nomenclaturas pode confundir bastante o consumidor e acabar levando a uma compra errada. Então vamos aos conceitos de cada um deles:

Diet: aqui você vai ter a carência de algum nutriente que pode ser gordura, açúcar ou qualquer outro. No refrigerante zero não vamos encontrar nenhuma taxa de açúcar neles.

Light: há uma redução mínima de 25% em algum dos nutrientes dos alimentos ou então no seu valor calórico quando comparado ao alimento comum.

Descubra a verdade sobre o refrigerante zero

Já o termo “zero” indica sem adição de açúcar, ou seja, é um tipo de refrigerante diet. Esse termo zero foi criado mais por conta do marketing já que muitas pessoas não sabem exatamente o que é diet e light, essa nova palavra facilitou a vida e trouxe mais consumidores.

Refrigerante Zero x Refrigerante Comum

Os refrigerantes comuns possuem uma quantidade muito grande de açúcar, uma média de 6 colheres de sopa bem cheias. Além disso, a quantidade de calorias também é maior ficando em torno de 150 calorias. Apesar do refrigerante zero não ter açúcar, ele possui adoçantes artificiais e outras substâncias que podem causar câncer.

Posso tomar refrigerante zero na dieta?

Descubra a verdade sobre o refrigerante zero

Um alerta para aqueles que consomem os tais refrigerantes: eles não ajudam na perda de peso. Aliás, pesquisas já mostraram até aumento da circunferência abdominal em pessoas que consomem refrigerante zero. Isso ocorre, principalmente, porque quando ingerimos esses tipos de bebidas e alimentos nos sentimos mais “à vontade” para consumir mais alimentos, inclusive aqueles calóricos. Então, o tiro sai pela culatra.

De acordo com nutrólogos, o correto é não consumir nenhum tipo de refrigerante. Apesar deles serem menos calóricos possuem substâncias como adoçantes, corantes, xarope, acidulantes, conservantes e sódio, todas extremamente prejudiciais à saúde. Além disso, não adianta muito comer uma porção grande de batata frita acompanhada de um refrigerante zero. O correto é fazer uma reeducação alimentar. Veja outros malefícios:

  • aumentam as chances obesidade;
  • desgasta o esmalte dos dentes;
  • aumenta a retenção hídrica;
  • prejudica o funcionamento dos rins;
  • compromete o sistema gástrico e intestinal;

Como consumir refrigerantes

Descubra a verdade sobre o refrigerante zero

A resposta para isso é a seguinte: não consuma. Nenhuma das versões é benéfica e o melhor é optar por um suco ou água. O nível de acidez do refrigerante, seja ele normal ou zero, é muito alto e para neutralizar os seus efeitos no pH sanguíneo são necessários 30 copos de água.

Existem boas opções para substituir os refrigerantes como os chás gelados, águas aromatizadas com ervas, água de coco e os sucos de frutas naturais. Você também pode fazer uma mistura para enganar o cérebro: água com gás, limão e gelo. É uma composição saudável e consegue camuflar a vontade de tomar outra coisa.

Descubra a verdade sobre o refrigerante zero

O uso do refrigerante zero deve ser evitado ao máximo durante a gestação. Os adoçantes mais comumente encontrados nessas bebidas são o aspartame, o ciclamato e a sacarina e todos eles consegue atravessar a barreira da placenta e causar anomalias no desenvolvimento do feto.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *