Em Busca da Barriga Chapada

U Marcos A.    t 5 de junho de 2014


Ela, sempre ela tirando a nossa paz de espírito e fazendo o botão da nossa calça amada não entrar na casinha ou se a calça fecha, a barriga se torna uma linda borda de catupiri. Bom, tenho certeza de você não quer que o seu abdome tenha apelidos iguais a esse e, nem se quer, parecidos. Infelizmente tenho que lhe informar: você não vai conseguir a barriga dos sonhos se continuar comendo batata frita e refrigerantes ou passar o dia inteiro sentado na mesa do trabalho ou no sofá da sala. É preciso haver mudanças, mas elas não precisam ser radicais.

Se você realmente quer ter uma barriga estilo tanquinho, mas nunca fez uma dieta na vida ou então sempre perde a batalha, se prepare para vencer a guerra. Apenas incluindo alguns alimentos na rotina e retirando outros, é possível conseguir o efeito desejável. Não se preocupe, você não vai precisar parar de comer tudo o que mais ama, só vai ter que equilibrar as quantidades. Vejamos agora alguns alimentos importantes para conquistar a tão sonhada barriga.

Bom funcionamento intestinal

Em busca da barriga chapada

Se você é daqueles que passa dias sem ir ao banheiro e quando vai é aquele sofrimento, é melhor fazer algo para mudar isso. Não é normal passar 3, 4, 5 dias sem evacuar e pra onde vai toda essa comida? Ela fica lá, na sua barriga provocando o acúmulo de gases que deixam a barriga com um tamanho nada invejável. Manter uma boa flora intestinal é importante e é possível conseguir isso bebendo muita água e consumindo iogurtes com lactobacilos. Alimentos que possuem grandes quantidades de fibras como a maçã e aveia melhoram a absorção de nutrientes e reduzem a de gordura.

Frutas antioxidantes

Em busca da barriga chapada

Quando o nosso corpo está com as quantidades de radicais livres adequadas não há com o que se preocupar: o metabolismo funciona de vento em polpa, a retenção de líquidos e a circulação sanguínea melhorará levando maior quantidade de oxigênio e nutrientes aos tecidos orgânicos. As frutas que contêm vitamina C são excelentes antioxidantes como o kiwi, o morango, a acerola, entre outros ajudam a diminuir o processo inflamatório causado pela gordura.

Sementes que dão saciedade

Sementes

A falta de saciedade pode se dar por vários motivos, como por exemplo, o desequilíbrio de neurotransmissores que enviam essa informação para o cérebro ou mesmo, problemas psiquiátricos como a ansiedade. Mas, como a natureza é muito sábia, colocou a nossa disposição duas sementes que são excelentes nessa função: a linhaça e a chia. Elas possuem uma grande quantidade de fibras solúveis e por isso, proporcionarão saciedade. A melhor forma de consumo é triturando-as e assim que isso for feito, o que sobrou deve ser guardado numa vasilha de cor sólida e colocada num freezer para que suas propriedades durem por mais tempo.

Chás

Em busca da barriga chapada

O efeito das plantas pode trazer vários benefícios para a nossa saúde, inclusive ajudar na perda de peso, mas é preciso tomar alguns cuidados, pois elas contém substâncias que podem ser danosas ao organismo. Os chás que mais ajudam a eliminar gordura abdominal são os de hibisco, que auxilia na perda de gordura do abdome e do quadril, o chá verde que aumenta o metabolismo, o de cavalinha que reduz a retenção de líquidos e o de menta que ajuda na digestão é evita a formação de gases.

Beba muita água

Em busca da barriga chapada

Quer perder a gordura abdominal? Então, beber água com frequência é de fundamental importância porque todas as funções do nosso organismo precisam dela para acontecer, inclusive a queima de gordura. Além do mais, comer muita fibra sem ingerir muita água pode causar constipação e desenvolver a prisão de ventre.

Confira também nosso artigo sobre a dieta da água.

Alimentos que causam retenção de líquidos

Em busca da barriga chapada

Não é apenas o excesso de gordura abdominal que pode deixar a barriga inchada, a retenção de líquido causada por certos alimentos também pode ser a causa para isso. Entre eles estão os enlatados e congelados que contém grandes quantidades de sódio e os embutidos como o salame e a mortadela. Ainda por cima, eles possuem muitos corantes e conservantes e sua composição e inflamam ainda mais os tecidos.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *