Emagreça com a Dieta da Sopa

U Marcos A.    t 13 de janeiro de 2014


Não tarda muito, o outono já está batendo na nossa porta e o frio começa a invadir as nossas casas por todo o canto. Quando chega o inverno então nem se fala! Corremos para debaixo do cobertor com um bom chocolate quente a tira colo. Só que ele é muito calórico vocês não acham? E é justamente nessa estação que o consumo de alimentos de alto teor calórico cresce bastante e a tendência é ganhar uns quilinhos a mais.

Dieta da Sopa

Como funciona a Dieta da Sopa?

Para acabar com esse problema, os nutricionistas descobriram o poder que as sopas tem sobre o nosso organismo. Elas podem oferecer inúmeras vantagens:

  • São de baixo custo;
  • Facilita a digestão;
  • Reduz o colesterol ruim;
  • Acelera o metabolismo;
  • É rica em vitaminas e sais minerais;

Além disso, ela permite um amplo grau de variação. Por exemplo: um dia você pode fazer sopa de repolho, no outro sopa de verduras, pode misturar leguminosas como feijão e ervilhas. Ou seja, esse tipo de dieta é excelente para quem não gosta de repetir o mesmo prato com frequência. Outra vantagem é o fato de serem largamente consumidas no período da noite que é quando o metabolismo está mais lento e não consegue consumir uma grande quantidade de calorias.

Dieta da Sopa

No geral, as sopas possuem em média apenas 1.200 calorias e isso faz com que a perda de peso seja rápida e eficaz. Você pode conseguir a incrível marca de perda de peso de 2 kg por semana se der uma ajudinha praticando exercícios físicos como corrida ou natação. Como as sopas são feitas basicamente de verduras e estas contém grande quantidade de fibras, você consegue sentir saciedade por mais tempo e corre muito menos risco de assaltar a geladeira. Lembre-se: a sopa não pode ser batida. As verduras devem ser picadas em cubos e consumidas desta forma.

Desvantagens da Dieta

Por conter uma quantidade muito baixa de calorias necessárias para um adulto, essa dieta é muito restritiva e pode fazer você sentir tonturas, náuseas, pressão baixa e outros sinais de fraqueza. As sopas possuem pouca quantidade de um nutriente essencial para nossa dieta, os carboidratos. Eles são a nossa principal fonte de energia e na falta dele o corpo começa a reclamar apresentando diversos alertas como os citados assim. Mas depois de um período de adaptação, o nosso organismo de acostuma e encontra uma outra fonte energética.

Dieta da Sopa

A restrição também de outros nutrientes como proteínas e gorduras é uma falta grave. Precisamos de proteínas para reconstrução muscular, assim sendo, este tipo de dieta não é indicada para quem faz musculação ou algum tipo de fortalecimento muscular. A restrição de gorduras pode afetar outras estruturas do corpo como na construção da membrana plasmática e na produção de hormônios. Fora isso, a falta de gordura também afeta a absorção das vitaminas lipossolúveis.

Dieta da Sopa

Outra desvantagem é a restrição de consumo de outros alimentos o que não agrada em nada o nosso paladar e isso pode fazer com que, facilmente, você desista. É bastante complicado tomar sopa todos os dias e não poder abrir uma exceção de vez em quando. Também não adianta tentar variar o cardápio de manhã comendo bacon e ovos fritos no café. Chutar o pau da barra em um turno e tentar compensar no outro não é uma boa ideia.

Dicas

A maioria das receitas de sopas não permitem a inserção de feijão e outras leguminosas durante a preparação. Mas nosso corpo precisa desses nutrientes, então abrir uma exceção de vez em quando pode cair muito bem. E se você é daqueles que não tem muito tempo para cozinhar, pode pedir ajuda às sopas instantâneas.

Dieta da Sopa

Em vez de colocar aquele tempero pronto que vem junto com a embalagem e que contém grande quantidade de sódio, acrescente uns legumes para cozinhar, tempero e pronto! Sua refeição da noite está pronta para ser saboreada sem nenhum problema e ainda sobra tempo de apreciar o frio debaixo do cobertor assistindo a um bom filme.


Deixe uma resposta