Estudo encontra relação entre excesso de peso e doenças bucais

U Fabíola Cunha    t 15 de junho de 2017


Há muitas razões para tentar manter um peso saudável (o que pode variar para cada pessoa, claro). Agora, há mais uma razão: um novo estudo publicado no diário doenças bucais revela que pessoas com excesso de peso (sobrepeso ou obesidade) têm saúde bucal muito pior do que aquelas com peso dentro do ideal – pessoas obesas tem aproximadamente seis vezes mais risco de doenças na gengiva.

excesso de peso

A pesquisa envolve 160 pessoas na Tailândia, 70% delas tem sobrepeso ou são obesas. No geral, pessoas com índice de massa corporal de 23 ou mais tiveram mais doenças dentárias e periodontite mais severado que aquelas com IMC menor.

Os níveis de células brancas do sangue e proteína C-reativa, um indicativo de inflamação no sangue, também eram maiores em participantes com sobrepeso. O IMC de 25 ou mais está ainda mais associado com saúde bucal precária.

Participantes com sobrepeso tinham 4 vezes mais chances de ter doenças de gengiva severas que pessoas com peso ideal; pessoas obesas tiveram 5 vezes mais chances.

A obesidade está relacionada com hábitos pouco saudáveis, então pode-se supor que pessoas obesas não mantêm hábitos de saúde tão disciplinados como as pessoas que estão cuidando melhor do peso.

excesso de peso

Para responder a isso, os pesquisadores ajustaram seus resultados para controlar fatores como níveis glicêmicos, fumo e exercícios físicos, além de idade e gênero.

Obesidade causa prejuízos gerais

As associações fizeram pouca diferença nos resultados. A obesidade contribui para inflamação generalizada no corpo, o que cria e piora situações associadas às doenças da gengiva.

Para os pesquisadores, a obesidade é fator de risco para câncer e doenças cardiovasculares – então não é surpresa que esteja associado a inflamações e degeneração das gengivas e dentes.

excesso de peso

Mesmo assim, a pesquisa não demonstrou a relação causa-efeito entre obesidade e doenças de gengivas. Ainda não se sabe se a relação é unilateral ou bilateral. A diabetes, por exemplo, tem uma relação bilateral com a periodontite: uma piora a situação da outra.

Quer saber mais sobre os males do excesso de peso? Leia nossa matéria sobre depressão e obesidade – o que é e como tratar?


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *