Dieta Saudável: A importância Gordura na Dieta

U Marcos A.    t 7 de janeiro de 2014


Em um triunfante consenso geral, se alguém nos perguntasse se a gordura é maléfica para o nosso organismo, 99% da população responderia, sem pestanejar, que sim. Realmente a gordura pode trazer sérios problemas e os problemas cardíacos como hipertensão arterial e doenças hepáticas estão aí para nos afirmar isso. Mas será mesmo que é apenas isso? Você já parou para se perguntar se todos os jornais e revistas estão realmente certos? É sempre bom olhar o outro lado da moeda.

CG1

Algumas verdades incontestáveis

Se você perguntar para quase todos os profissionais de saúde qual a melhor dieta para se seguir, ele vai dizer o seguinte: ela deve conter altas doses de carboidratos complexos e baixíssimas taxas de gordura, beirando ao 0%. E não é à toa que eles dizem isso. Grandes empresas envolvidas em pesquisas em saúde afirmam isso como a Associação Médica Americana e a Associação Dietética Americana.

CG2

Para os amantes da musculação, sem dúvidas essa é uma verdade incontestável. Precisam de muito carboidrato para suprir a demanda metabólica e de altos níveis de proteína para remodelamento muscular e reparação das fibras, mas a tal gordura…o mínimo possível. E não pode ser qualquer tipo de proteína. As carnes brancas são as preferidas do cardápio, pois contém menor teor de gordura e elas devem ser grelhadas, jamais fritas. As saladas vêm entupidas daquele molho delicioso e assim você prefere se enganar pensando que não está consumindo nenhuma gordura.

Novas técnicas de dieta

Um famoso doutor e autor de livros, Mauro Di Pasquale, afirma que a melhor dieta é aquela que contém níveis de gordura consideráveis, uma quantidade maior dos 15% que nos é oferecido pelas dietas comuns. Ele acredita nas pesquisas que demonstram como o corpo, depois de um tempo se adaptando, consegue metabolizar a gordura primeiro do que o carboidrato e é por isso que ele tem tido muito sucesso em atletas que tentam perder peso há muitos anos.

CG3

Além disso, ele também fala da grande dificuldade que as pessoas encontram de enfrentar por longo tempo uma dieta rigorosa que restringe quase todas as delícias como um prato de batata frita ou um belo rodízio numa churrascaria. A maioria das pessoas acabam falhando e não é porque elas são fracas é porque o seu organismo já está acostumado a outro de tipo de dieta e tirar tudo de forma tão brusca pode causar vários transtornos psíquicos como a depressão ou a ansiedade.

Gordura do bem

Mas não estamos falando de qualquer gordura, estamos falando da boa gordura que é facilmente encontrada em vários alimentos. Como a gordura monoinsaturada encontrada no leite e em seus derivados, que contém ácido linoleico e já foi comprovado o seu benefício na prevenção do câncer do cólon do útero. Ou então, podemos falar da gordura saturada encontrada no chocolate (meio amargo ou amargo) e nas carnes vermelhas, que não aumentam o teor do colesterol ruim. Também algumas vitaminas importantes podem ser encontradas como a A, D, E e K.

CG4

É claro que existem pessoas que não vão conseguir se adaptar a uma dieta rica em gorduras e com baixo teor de carboidratos. Afinal de contas, cada indivíduo é único e cada organismo reage de uma forma frente a mudanças. É por isso que quando se fala em dieta o melhor é procurar um bom profissional que possa te indicar um plano alimentar de acordo com as suas reais necessidades. Não caia na conversa de dietas mirabolantes encontradas nas mídias, que a única coisa que vão te oferecer e a frustração de não conseguir cumprir metas absurdas, além de prejudicar tanto a sua saúde física como mental.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *