Maltodextrina: o que é e como tomar

U Marcos A.    t 8 de novembro de 2013


Que nosso corpo precisa de energia para qualquer mínimo movimento que realiza, nós já sabemos. A fonte de energia mais fácil e mais rápida para o organismo consumir é através da ingestão de carboidratos e nisso somos muito bons. Tudo o que consumimos tem carboidrato; pães, bolos, massas, arroz, biscoito e até as hortaliças, as verduras e as frutas.

Confira também nosso artigo especial sobre o suplemento lipo 6 black.

Mas, o que é Maltodextrina?

Ela é um polímero da glicose e o componente final da hidrólise do amido. A ingestão dessa substância aumenta o pico de insulina no sangue conferindo energia de forma lenta e progressiva por ser um carboidrato complexo. Ele é ingerido como suplemento alimentar pelos praticantes de musculação e exercícios aeróbios intensos. Para que as proteínas não se desviem da sua função de formação muscular para gerar energia, aconselha-se utilizar a maltodextrina para suprir a energia que o corpo precisa.

Maltodextrina

Forma de Armazenamento

Para ser consumido quando necessário, obviamente o carboidrato deve ser estocado depois da ingestão de alimentos. Ele é convertido em glicose, uma unidade de açúcar, que em condições de repouso fica estocado nos músculos e no fígado. A partir daqui, a glicose é convertida em uma complexa molécula de açúcar, o glicogênio. Ele é armazenado no interior das células para que seja utilizado na formação da molécula de ATP.

Dica: Leia também os prós e contra do Oxyelite.

Metabolismo do Carboidrato

A glicólise, quebra da molécula de glicose, tem papel fundamental na geração de energia tanto aeróbia quanto anaeróbia. Quando o processo é iniciado pelo glicose, o organismo consegue gerar até 38 moléculas de ATP, que é de onde “surge” a energia. Mas, ter altas taxas de glicose no sangue não basta para que as células a absorva. É necessária a presença da insulina facilita o transporte da glicose para as células musculares. Por isso, muito cuidado aos portadores de diabetes.

malto 3

Modo de uso do Maltodextrina

As reservas hepáticas e musculares de glicogênio são limitadas, assim, depois de consumidas devem ser recolocadas para dar maior energia. O ideal é utilizar pelo menos 15 minutos antes do treino intenso e caso o seu treino dure mais de 60 minutos, consuma uma dose novamente para ter a energia necessária.

malto 4

Também é recomendado o uso da Maltodextrina após o treino. Como esse suplemento eleva os picos de insulina no sangue, o transporte de nutrientes para dentro das células fica muito maior. Portanto, associar essa substância ao mix de proteínas como o Whey Protein no pós-treino é uma boa pedida.


Deixe uma resposta