Conheça os Benefícios do Cogumelo

U Marcos A.    t 16 de maio de 2014


O cogumelo é um tipo de fungo comestível, muito utilizado em cardápios orientais. Com o tempo, foi possível notar as diversas e benéficas propriedades que esse alimento possui. Ele já foi muito temido em certa época pois, acreditava-se que eram venenosos e poderiam matar que o consumisse. Mas depois de várias pesquisas e com o avanço da tecnologia, foi possível separar o joio do trigo e hoje, podemos ver essa iguaria na prateleira dos supermercados à nossa disposição. Não há ainda uma quantidade que possa ser ingerida por dia, mas segundo especialista, entre 250 até 300 gramas é o ideal. Também é preciso tomar cuidado, já que há muitas pessoas que podem ser alérgicas a esse fungo.

Câncer e HIV

1.6

Estudos começaram a associar a ingestão do cogumelo com a melhora na luta contra o câncer. Isso não significa que tratamentos cirúrgicos e quimioterapia não sejam necessários, mas a adição desse alimento na rotina pode ajudar. Isso porque ele contém uma substância chamada de beta-glucanas que melhora o sistema imune e intensifica a produção das células de natural killer, que matam as células do câncer ou que estejam contaminadas de alguma forma. Por isso, comprimidos do cogumelo do sol são tão utilizados ultimamente e podem ajudar também no tratamento contra o HIV, já que a sua principal função é melhorar o sistema imunológico. Infelizmente, ainda são necessários maiores estudos para comprovar a sua eficácia.

Conheça também os riscos e benefícios da cafeína.

Antimicrobianos

1.5

Esse fungo, como qualquer outro ser, precisa se defender dos ataques da natureza. Por isso, os cogumelos, possuem grande quantidade de antimicrobianos e antibacterianos em sua composição. Os que mais possuem essa propriedade é o pleurotus Salmon, o shitake, o funghi e o cgumelo dourado.

Ação Antioxidante

1.4

Um alimento que possui essa propriedade é como uma fonte da juventude e ainda por cima, consegue retardar ou até mesmo impedir o aparecimento de doenças como o câncer, a artrite reumatoide, arteriosclerose e outras doenças de fundo crônico. Um agente antioxidante consegue combater os radicais livres, que em excesso, podem causar muitos prejuízos para a saúde. O que faz com que esse fungo comestível tenha esse poder é a presença de diversas substâncias como a vitamina A e C, betacaroteno, compostos fenólicos, terpenos, entre outras. Os cogumelos que mais conseguem esse efeito é o champignon de Paris, hiratake, cogumelo rei e salmão, cogumelo do sol, shitake e portobello.

Reduz o colesterol

1.3

Para aqueles que sofrem com problemas de hipertensão arterial ou possuem grande chance de tê-lo, comer cogumelo de forma habitual pode ser uma boa escolha. A vitamina B3 contida na composição de alguns cogumelos como o shimeji e o oudemansiella, é a responsável por essa redução do LDL que é considerado um colesterol ruim por se acumular na parede dos vasos e causar inúmeros problemas de saúde. Também o fato de ser rico em fibras pode ser uma explicação.

Diabetes e Tireoide

1.2

A quantidade de fibras, de polissacarídeos e outros nutrientes que estão presentes no cogumelo ajudam a reduzir o teor de açúcar no sangue. A beta-glucana, uma substância encontrada, principalmente, no cogumelo do sol, consegue esse efeito “antidiabético”. O cogumelo também possui algumas substâncias capazes de controlar alguns hormônios produzidos pela tireoide e equilibrá-los. Pode ser bastante útil para os portadores da hiper ou hipotireoidismo.

Ácido fólico

1.1

Essa substância tão importante para as gestantes por evitar má formações neurológicas no bebê. A falta desse nutriente na quantidade adequada pode levar a uma série de problemas de saúde como doenças cardiovasculares, câncer, doenças mentais e até mesmo o Mal de Alzheimer. É importante que a substância venha diretamente do alimento e não de suplementos alimentares, pois estes, podem estar com doses elevadas do ácido fólico.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *