Será que o óleo de coco é tudo isso que dizem?

U Fabíola Cunha    t 1 de dezembro de 2016


Já há alguns anos o óleo de coco tem sido mencionado como um coringa que melhora a saúde e aparência dos cabelos, pele e coração. Receitas e mais receitas de alimentos que usam esse ingrediente são facilmente encontradas na internet. Mas será que ele é tudo isso que dizem? Parece que não.

óleo de coco

Em primeiro lugar, o óleo de coco é 92% gordura saturada. Sim, aquele tipo de gordura que os médicos dizem que deve ser bem limitado porque aumenta os níveis de colesterol LDL (ou colesterol ruim) e ainda aumenta as chances de doenças cardíacas e derrames.

Mas por que então o óleo de coco aparece como algo tão positivo?

O médico Walter Willett, chefe do Departamento de Nutrição da Harvard T.H. Chan School of Public Health, admite que fica confuso com a noção de que óleo de coco é um bom alimento. Claro, há pontos positivos, como o fato de que a gordura saturada desse ingrediente vem em moléculas menores do que as dos laticínios, o que tende a aumentar o colesterol HDL (o colesterol do bem).

óleo de coco

Porém, uma avaliação de 21 estudos publicados em revistas de nutrição parece desacreditar a ideia de que o óleo de coco não agride o coração.

Isso porque muitas das populações avaliadas como “beneficiadas” pelo consumo são povos indígenas consomem o óleo a partir da própria fruta ou em forma de creme integrado à própria dieta tradicional. Ou seja, não adicionam o óleo à refeições ocidentais.

E um novo estudo publicado no Journal of the American College of Cardiology sugere que o bom colesterol HDL pode não ser tão bonzinho assim! Isso porque a pesquisa descobriu que ter níveis elevados do HDL não protegeu tanto as pessoas observadas de ataques cardíacos ou derrames.

óleo de coco

E pessoas com níveis acima de  70 mg/dl na realidade tiveram um aumento no risco de morte por causas não relacionadas com o coração e derrames, na comparação com pessoas com níveis de HDL mais baixos (entre 41 to 60 mg/dl).

óleo de coco

Os autores do relatório que reuniu 21 estudos concluíram que não há evidência que comer óleo de coco vai melhorar seu colesterol ou reduzir o risco de doenças cardíacas. Não há evidência de o óleo de coco é uma gordura saudável ou melhor que óleos vegetais como o de canola, girassol e soja.

Mas é claro que o óleo de coco tem outras vantagens e traz benefícios, como saciedade, aroma, aumento da imunidade…confira aqui!


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *