Sinais de que você pode precisar de suplementos

U Fabíola Cunha    t 21 de outubro de 2016


A melhor maneira de obter as vitaminas, minerais e antioxidantes necessários é seguindo uma dieta nutritiva, mas é mais fácil falar que conseguir. De fato, um recente relatório do Centro de Prevenção e Controle de Doenças nos Estados Unidos mostrou que uma em 10 pessoas tem ao menos uma deficiência de vitamina.

suplementos

Pode ser muito confuso estabelecer quais substâncias você deve ou não suplementar. É claro que consultar um médico é a melhor maneira de determinar o que anda em falta em seu organismo. Mas alguns sinais podem indicar que você anda em falta de alguns nutrientes.

Pele e cabelos frágeis: deficiência de biotina

cabelo

Essa substância é encontrada em cereais integrais, ovos, leite, castanhas e proteínas do salmão e frango.

Se você anda experimentando inflamações na pele, irritação, descamação e nota que seu cabelo parece mais fino e desbotado, além de frágil, você deve estar com falta de biotina (outro sinal é unha frágil e quebradiça). A dose diária recomendada deste nutriente, por alimentação ou suplementos alimentares, é de 30 mcg por dia.

Não deixe de conferir também o nosso guia de alimentação correta para quem treina.

Piora no funcionamento do intestino: falta de niacina

intestino

Essa substância é encontrada em carne, peixe, ovos, castanhas, vegetais verdes, pães e cereais enriquecidos.

A deficiência de niacina também é chamada de pelagra, tendo efeitos colaterais sérios. Lesões pelo corpo que pioram sob o sol e sintomas gastrointestinais como constipação, diarreia, náusea e vômito. A niacina diminui o colesteroal ruim e aumenta o bom, reduz o enrijecimento das artérias e produz certos hormônios na glândula adrenal que ajudam a limpar o fígado. Dose recomendada diária, pela alimentação ou suplemento: 14 a 18 mg.

Hematomas inexplicáveis: falta de vitamina C

axilas

Ela é encontrada em frutas cítricas, mamão papaia, goiaba, couve e morangos.

A vitamina C não é produzida no corpo humano, então é comum que atinja níveis baixos. Ela ajuda a proteger as células do corpo de danos causados por poluição, cigarros e luz ultravioleta do sol. Também atua no sistema imunológico. Taxas muito baixas de vitamina C provocam marcas inexplicáveis vermelhas ou roxas pelo corpo, pois as veias tornam-se frágeis próximas da pele, rompendo-se com facilidade. Pela alimentação ou suplementos, a dose diária recomendada é de 60 mg.

Olhos avermelhados: deficiência de Vitamina B2

olhos vermelhos

Encontrada no leite, carne, ovos, castanhas, peixe e vegetais de folhas verdes.

Uma pessoa com deficiência de Vitamina B2 ou riboflavina mostra sinais bem visíveis de problemas, como olhos avermelhados. A deficiência dessa substância é comum em pessoas que fazem regimes muito rigorosos, estão com baixo peso ou aquelas com doença celíaca. Dose diária através da alimentação ou suplementos: 1,2 mg.

Cansaço inexplicável: falta de cálcio

fadiga

Ele é encontrado em leite, iogurte, vegetais escuros, amêndoas e grão-de-bico

Falta de energia e deterioração óssea são consequência de baixos níveis de cálcio no sangue. Mulheres acima de 50 anos podem tomar 1200mg por dia e abaixo de 50, 1000 mg.

Cãibras nas pernas: deficiência de Vitamina E

caibras

Ela é encontrada em castanhas, sementes, óleos vegetais, vegetais de folhas verdes, ovos, cereais fortificados.

A vitamina E é uma das mais fundamentais vitaminas e sua função principal é retardar o processo de envelhecimento das células. Pessoas com Doença de Crohn, fibrose cística,  má nutrição, dietas com baixa ingestão de gorduras ou condições genéticas podem afetar a absorção de gorduras. Cãibras noturnas e síndrome da perna inquieta podem ser evitadas em pessoas que tomaram doses adequadas de Vitamina E. Dose diária recomendada com alimentação ou suplementos: 15 mg.


Deixe uma resposta