Suplementos Alimentares – O Que São e Como Usá-los

U Marcos A.    t 1 de novembro de 2013


Muita gente usa suplemento alimentar pelos mais diversos motivos: para emagrecer, engordar, criar hipertrofia muscular, ganhar mais energia e vários outros. Mas tomar suplementos sem orientação pode ser um grande risco. Eles são muito bons e escolhidos de maneira correta podem te ajudar a conseguir bons resultados no treino físico.

suplemento alimentar

O que são Suplementos Alimentares?

Eles são compostos isolados de proteínas ou um mix de diversos nutrientes. Você vai encontrar suplementos à base de albumina, caseína, proteína da soja, levedura de cerveja, creatina. Esses são suplementos proteicos que ajudam na reparação muscular após o exercício. Também existe o famoso Whey Protein que é uma mistura de todas essas substâncias.

energeticos

                Também são encontrados os suplementos com base nos carboidratos, que são ideais para dar uma grande quantidade de energia. O carboidrato é usado pelo organismo como fonte de energia de alta intensidade, que é exatamente o que você precisa na hora da musculação. Alguns exemplos:

  • Dextrose;
  • Malto;
  • Hipercalóricos;

Dietéticos e Ergogênicos

Existem duas categorias de suplementos: os dietéticos e os ergogênicos. Os dietéticos são utilizados apenas com o objetivo de promover maior energia durante o treino. Dessa forma, eles permitem que você use a sua musculatura por mais tempo que o normal. Já os ergogênicos auxiliam diretamente no desempenho e na performance muscular.

Como usar corretamente os suplementos alimentares?

A verdade é que ninguém deveria precisar fazer uso de suplementos. Tudo o que o nosso corpo precisa deveria vir dos alimentos. Mas como boa parte da população não consegue ingerir todos os grupos alimentares na quantidade adequada todos os dias ou até mesmo ter a disciplina de comer de 3 em 3 hora, a dieta fica em déficit. É aí que entra o uso dos suplementos. Eles vão adicionar o que faltou durante o dia na sua alimentação.

suplementação

A creatina, por exemplo, deve ser ingerida numa dose de 0,3 gramas por dia no máximo. Uma quantidade maior que essa pode causar danos no funcionamento dos rins. Todos os nutrientes podem ser encontrados nos alimentos e para quem não é atleta de alto rendimento o importante é ingeri-los através da alimentação:

  • Ferro: encontrado na carne vermelha, castanha de caju, frango, passas, etc.
  • Os frutos do mar, leite e frutos oleaginosos são ricas fontes de zinco.
  • Vitaminas do complexo B: é encontrada no salmão, na banana, no espinafre e outros.

Fique atento

Existem alguns detalhes que você deve analisar na hora de comprar um suplemento alimentar. De acordo com a ANVISA, os energéticos ou carboidratos suplementares não podem conter mais de 75% desses nutrientes. Esses produtos podem ter proteínas e gorduras na composição, mas não podem conter fibras.suplementos

Já para as proteínas, a recomendação é de pelo menos 10 gramas dessa substância por cada porção ingerida. Os shakes, famosos por substituírem as refeições, também possuem um limite máximo para cada composto: 50 a 70% de carboidratos, 13 a 20% de proteínas e podem ater até 30% de gorduras, sendo que a saturada não pode ultrapassar o valor de 10%.

O mais importante quando se decide fazer uso dos suplementos alimentares é sempre fazer um acompanhamento profissional. O educador físico não tem aval para tal e sim o médico ou nutricionista, que vão avaliar a sua alimentação diária, a quantidade de carga que você é capaz de suportar e o tempo que você usa para se exercitar para finalmente lhe recomendar o suplemento mais adequado na dose certa.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *