Tomar glutamina aumenta a hipertrofia muscular

U Marcos A.    t 19 de julho de 2014


A glutamina é um aminoácido não essencial já que pode ser fabricado a partir de outros aminoácidos presentes em nosso organismo. Ela é muito importante para o bom funcionamento das nossas funções, pois ajuda no transporte de nitrogênio e amônia através da corrente sanguínea. Além de muitos benefícios, ela consegue retardar a fadiga muscular e assim, consegue proporcionar mais tempo de atividade física permitindo maior hipertrofia muscular.

Tomar glutamina aumenta a hipertrofia muscular

Reduz o risco de lesão muscular

Quando praticamos uma longa e intensiva série de exercícios, logo após, ficamos com os músculos doloridos e fadigados. Imediatamente a musculatura tenta se recuperar das microlesões causadas pela atividade, mas se não encontrar uma quantidade suficiente de aminoácidos para se reestruturar, acaba se lesionando ainda mais, causando dor intensa.

Tomar glutamina aumenta a hipertrofia muscular

A concentração de glutamina na corrente sanguínea é reduzida durante os exercícios e, por isso, é preciso se reabastecer desse aminoácido para ajudar na recuperação muscular e reduzir ou mesmo evitar maiores lesões. Um maior suporte de aminoácidos para o organismo também ajuda a prevenir lesões recorrentes.

Confira também o nosso artigo sobre a Oxyelite.

Traz benefícios para portadores de câncer e HIV

Tomar glutamina aumenta a hipertrofia muscular

Tanto pessoas com câncer como as portadoras do vírus HIV acabam passando por uma baixa no sistema imune e ficando mais vulneráveis a doenças e outros acontecimentos. Normalmente, esses pacientes se sentem muito fracos e fadigados, especialmente depois de uma sessão de quimioterapia. Um suporte de glutamina ajuda a melhorar as barreiras imunossupressoras do sistema e melhor o funcionamento do corpo.

Também ajuda nos problemas intestinais

Tomar glutamina aumenta a hipertrofia muscular

Se você sofre com gastrite ou até mesmo já possui uma úlcera sabe os transtornos que isso pode causar, além da dor. Estudos estão quase comprovando o benefício que a glutamina pode trazer para as pessoas que passam por esse problema. Esse aminoácido consegue reconstruir a mucosa gástrica e intestinal e assim consegue restabelecer o equilíbrio do sistema digestivo.

Veja nosso artigo especial sobre Treino de Hipertrofia.

Quem pode ingerir glutamina?

Tomar glutamina aumenta a hipertrofia muscular

Comumente, esse aminoácido é recomendado por médicos especialistas ou por nutricionistas. Tudo vai depender de exames que vão mostrar qual a taxa de glutamina plasmática. Se precisar de mais, o profissional irá receitar. Isso costuma acontecer muito com atletas que treinam de maneira intensa e não se alimentam muito bem, ingerindo poucas proteínas. Assim, o corpo não terá matéria-prima para construir novas glutaminas.

Como consumir a glutamina

A melhor maneira de consumir qualquer tipo de proteína, inclusive a glutamina, é conjuntamente com carboidratos como frutas e açúcar simples como o pão branco. O açúcar facilita a entrada de proteína das células e assim, o corpo consegue absorver esse nutriente de forma mais rápida. Para os praticantes de exercícios físicos, a forma mais recomendada é em pó e deve ser consumido logo após o treino e antes de dormir.

Tomar glutamina aumenta a hipertrofia muscular

A quantidade do aminoácido deve ser prescrita pelo médico ou nutricionista, mas se você está ingerindo sem orientação profissional (o que não é o correto) certifique-se de que a dose diária não passe de 15 gramas e essa quantidade deve ser dividida em 3 porções que devem ser consumidas ao longo do dia. Lembre-se de beber muito líquido para não sobrecarregar os rins.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *