Você conhece os benefícios da Kombucha?

U Fabíola Cunha    t 10 de outubro de 2017


Talvez você já tenha ouvido falar dos benefícios da Kombucha. Essa bebida é a nova moda entre os saudáveis e realmente oferece benefícios.

benefícios da kombucha

Não se assuste, mas a bebida é feita de fungos. Até aí, muitos alimentos são. A Kombucha se assemelha a um chá e um refrigerante, mas com muitas vantagens.

Quem consome garante: ela melhora a digestão, aumenta a energia e diminui o stress. Apesar de estar se popularizando agora, a Kombucha é uma bebida antiga.

Quais são os benefícios da Kombucha?

Cerca de 2000 anos atrás, na China, era usada para ajudar com a artrite e até mesmo o câncer. É uma bebida que oferece os probióticos, microorganismos similares às boas bactérias encontradas em nosso intestino.

O intestino é um dos maiores responsáveis pelo funcionamento do sistema imunológico humano. O consumo regular da bebida está ligado à melhora da imunidade. Ou seja, menos resfriados, menos distúrbios gastrointestinais, mais disposição e resistência.

benefícios da kombucha

Até agora estudos sobre a Kombucha foram feitos apenas em ratos de laboratório. Apesar disso, são promissores. Os bichinhos produziram mais antioxidantes e tiveram menos danos em seu sistema imunológico causado por stress.

A Kombucha também é rica em vitamina B. Essa vitamina está ligada à energia, metabolismo, saúde cardíaca, da pele e unhas.

Ela também contém vitamina C e glucosamina (que age contra a perda de colágeno do organismo).

Como a Kombucha é feita?

A fermentação ocorre devido ao scoby, um disco onde estão as colônias de bactérias e leveduras. Dentro de um recipiente com chá e açúcar, elas se alimentam e retiram o carboidrato da mistura.

benefícios da kombucha

É possível aromatizar a bebida com diferentes chás. Muitas marcas já vendem a Kombucha pronta, em supermercados e armazéns dedicados à alimentação saudável.

O sabor é descrito como parecido com o do vinagre de maçã. Porém, o consumo é feito com a mistura de chás e sucos, o que altera de forma positiva o sabor azedo.

Não é recomendável tentar produzir a bebida em casa. Afinal, ela surge a partir de bactérias e fungos específicos. Qualquer contaminação pode levar à intoxicação alimentar no consumo.

Gostou de conhecer a Kombucha? Saiba mais sobre como melhorar a imunidade em nossa matéria sobre a importância dos probióticos para a saúde.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *