Exercícios Físicos Durante a Gravidez: Permitidos e Proibidos

Fazer exercícios físicos durante a gravidez, assim como em outras fases da vida da mulher, é muito importante para garantir não somente a saúde física, como também a mental. De todo modo, é preciso compreender que nesta etapa em específico, alguns pontos precisam ser levados em consideração para que a prática seja mais saudável e efetiva.

exercícios físicos durante a gravidez
Mulher grávida fazendo musculação. Foto: Freepik

Afinal, como o corpo feminino passa por muitas mudanças neste período, o mesmo necessita de cuidados essenciais e diferenciados. Além disso, alguns exercícios se tornam inapropriados, enquanto outros podem tornar a transição da nova mamãe algo mais leve e confortável.

Para tanto, elaboramos este guia com informações importantes para que você mantenha a prática de exercícios sem sobrecarregar a sua saúde. Entenda a seguir.

Para ler mais tarde: Cuidados ao Treinar em Casa na Quarentena

Exercícios físicos durante a gravidez: Quais são os mais indicados?

A mulher grávida passa por constantes mudanças e oscilações hormonais. Com isso, o humor e a saúde de uma maneira geral podem sofrer reflexos importantes. Dentre eles, mais especificamente a sensação de cansaço, a irritabilidade fácil ou a sensibilidade elevada.

Portanto, os exercícios vem como uma alternativa para manter o equilíbrio físico e mental. Assim, a saúde mantém-se em dia, além de promover sensação de bem estar e tranquilidade para a mulher. Desse modo, os exercícios físicos durante a gravidez que promovem benefícios amplos são:

Hidroginástica

A hidroginástica é uma importante e interessante prática física que traz inúmeros benefícios para a saúde de qualquer pessoa. No caso de mulheres grávidas, é capaz de trabalhar praticamente toda a musculatura do corpo, além de inclusive trazer efeitos positivos para a respiração.

Além disso, promove relaxamento e até mesmo sociabilidade, uma vez que as aulas acontecem com outras mulheres. Tudo isso sem apresentar riscos para a gravidez ou de lesões que possam prejudicar esta fase delicada e importante.

exercícios físicos durante a gravidez
Mulher grávida fazendo exercícios de musculação. Foto: Freepik

Musculação (sem exagerar)

A musculação também é uma ótima alternativa para a mulher grávida. Neste caso, é importante salientarmos que não pode haver exagero. A musculação deve ser feita com o intuito de manter a massa magra, sem a necessidade de crescimento. Pois assim o ritmo será adequado, apenas para causar a pequena queimação no músculo.

Porém, a mulher grávida não pode ficar ofegante, pois isso poderia provocar um aumento muito expressivo nos batimentos cardíacos. Sendo que este aumento pode ser prejudicial para a saúde tanto da mãe, quanto do bebê.

Leia mais: Metabolismo acelerado: Dicas fáceis para acelerar seu metabolismo

Ioga

A ioga é outra alternativa que pode fazer parte da rotina da mulher grávida. Isso porque ela promove um bem estar físico e mental, além de desencadear um maior equilíbrio para a respiração, por exemplo. Tudo isso sem apresentar efeitos colaterais quanto à gravidez em si.

Portanto, se você quer apostar em exercícios físicos durante a gravidez, saiba que a ioga é um dos mais indicados para esta fase da vida.

Alongamento

Com o decorrer do desenvolvimento do bebê, a barriga da mulher cresce e, em decorrência disso, o equilíbrio corpóreo passa por mudanças. De todo modo, essas mudanças podem colaborar para o aparecimento de dores nas costas, colunas e até mesmo pernas. Portanto, encontrar medidas que aliviem estes efeitos é muito importante.

Por conta disso o alongamento é tão indicado durante uma gestação. Além de ser um exercício físico leve e qualificado, ele ainda melhorará a vida e o dia a dia da mulher de uma maneira geral.

exercícios físicos durante a gravidez
Mulher grávida fazendo pilates. Foto: Freepik

Criar uma rotina de alongamentos mais intensos ao acordar e mais leves ao dormir pode ser bem interessante. Lembre-se de nunca sobrecarregar o corpo, apenas pratique dentro dos seus limites, de um modo adequado e coerente ao período de gravidez.

Exercícios físicos durante a gravidez: Os proibidos

Agora que você já conheceu os melhores exercícios físicos para praticar durante a gravidez, é hora de se atentar também para quais deles são os proibidos. Pois como mencionamos no começo deste artigo, nem todas as práticas são adequadas para a saúde da mãe e do bebê.

Mulher grávida sentada se exercitando. Foto: Freepik

Por conta disso é importante você manter-se atenta ao que pode ou não pode fazer parte da sua rotina neste período. Para tanto, abaixo listamos os exercícios que devem ser “evitados” neste momento. Veja a seguir:

Exercícios proibidos durante a gravidez

  • Esportes de contato físico: Os esportes de contato físico como futebol, vôlei, entre outros, é contraindicado para a mulher grávida. Afinal, é possível que uma pessoa derrube a mulher, ou esbarre contra a barriga, causando efeitos sérios e perigosos.
  • Corrida: A corrida é um poderoso exercício para quem quer se manter em dia com a balança. Entretanto, esta não é uma opção adequada para a mulher grávida. Pois assim como a musculação mais pesada, este tipo de exercício pode ocasionar o aceleramento dos batimentos cardíacos, causando efeitos nocivos na saúde da mãe e do bebê.
  • Flexões e abdominais: É notável que não se pode pressionar exageradamente e nem forçar o abdômen durante uma gravidez. Por conta disso, flexões e abdominais também precisam estar fora da lista de exercícios físicos durante a gravidez.
  • Mergulho: O mergulho pode provocar muita pressão no organismo da futura mamãe, consequentemente impactando no conforto e na saúde do bebê. Portanto, durante a gravidez, nada de nadar muito no fundo de piscinas e rios, ok?
  • Saltos: Os saltos também aceleram os batimentos cardíacos, além de que podem ser a porta de entrada para tombos e acidentes. Desse modo, evite este tipo de esforço desnecessário durante a sua gestação e garanta assim a sua saúde e a do seu futuro filho.

Leia também: Ser Fitness – É difícil? Como conseguir ser fitness?

Mulher grávida fazendo ioga. Foto: Freepik

Não descarte o auxílio profissional

É sempre bom lembrarmos que cada mulher possui um organismo diferente e, por conta disso, pode sofrer com algumas especificidades importantes. Por conta disso, destacamos que é sempre interessante você contar com o auxílio de um profissional qualificado.

Um profissional de Educação Física poderá montar um plano de exercícios efetivo para você, garantindo a sua saúde e de seu bebê. E assim você terá um período de gravidez ainda mais saudável e leve. Lembre-se disso!

Além disso, lembre-se que sempre que você sentir qualquer efeito colateral, como mal estar, tontura, cansaço excessivo ou outro sintoma diferente, entre em contato com o seu médico. Apesar de que “gravidez não é doença”, é preciso atentar-se para qualquer alteração inesperada, a fim de garantir o seu bem estar.

Você já tem praticado algum exercício em casa? Então deixe aqui o seu comentário e suas dicas para as futuras mamães!

Separei mais esses conteúdos para você:

Mais conteúdo Similar

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui