Gerando Força Muscular

0

Precisamos de força muscular para tudo o que fazemos, pois sem ela não seria possível nem se quer escrever esse texto. Para aqueles que fazem musculação, ter uma boa força muscular e desenvolvê-la cada vez mais é de suma importância. Esse desenvolvimento depende dos seguintes fatores:muscle

Quantidade de unidades motoras ativadas

Quanto maior o número de unidades motoras que foram ativadas durante o treino, mais força você vai conseguir gerar para fazer determinado movimento. As fibras de contração rápida conseguem gerar mais força do que as de contração lenta por possuírem mais fibras musculares. Os músculos maiores, obviamente, possuem mais força por possuírem mais fibras. Trocando em miúdos, podemos perceber que o tipo de fibra muscular treinada também vai interferir na geração de força.muscle

Tamanho do músculo

Neste caso o que vai realmente ter relevância não é o comprimento muscular em si e sim o quanto ele pode ser distendido. Nossos músculos são revestidos por fáscias e são ligados aos ossos pelos tendões. Esses dois elementos são tecido conjuntivo e possuem propriedades elásticas.

Pesquisas comprovaram que o alto desempenho de força muscular ocorre quando o músculo é alongado em até 20% do seu comprimento. E se caso ele for alongado até o dobro do seu tamanho a força muscular gerada por ele será próxima de zero. Quando o músculo é alongado, esse movimento é convertido em energia que fica armazenada e será utilizada no próximo movimento, gerando mais força muscular.muscle

A quantidade de pontes cruzadas em determinado músculo pode dar a resposta para isso. Acontece que quando o músculo é excessivamente alongado a formação de pontes cruzadas que é a sobreposição de actina e miosina, diminuem de quantidade. Gerar grande quantidade de força sem o número adequado de pontes cruzadas é impossível.

Ângulo articular

Esse ponto costuma gerar grande dúvida entre os praticantes de musculação. Além de causar lesões, posicionar a articulação numa angulação errada gera menos força, pois os nossos músculos e ossos se movimentam por sistemas de polias e alavancas como os aparelhos da academia.muscle

Vamos ver um bom exemplo utilizando o músculo bíceps braquial. Para levantar um peso de apenas 5 kg é necessário que o músculo gere o uma força 10 vezes maior, ou seja, 50 kg. Essa força é transferida do músculo para o osso através dos tendões, sendo que a localização da inserção desse tendão e a carga que estiver sendo aplicada são fatores que interferem na angulação. O melhor ângulo para o bíceps braquial é de 100° e fazer esse tipo de exercício numa angulação maior ou menor reduzirá a força gerada pelo membro.

Velocidade da ação muscular

Aqui o que deve ser levado em conta é se a ação muscular para fazer determinado exercício é concêntrica ou excêntrica. Quando o movimento é concêntrico a força tende a aumentar à medida que vai ficando mais lento. Isso pode ser notado que quando alguém tentar pegar um objeto muito pesado de forma rápida acaba tendo uma lesão. Para as ações excêntricas ocorre justamente o oposto: quanto mais rápido o movimento mais força o músculo irá gerar.

Separei mais esses conteúdos para você:

Mais conteúdo Similar

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui