Tudo sobre a vitamina E (tocoferol)

0

Se tem uma coisa que combina com a vitamina E é a palavra antioxidante. Substância antioxidante é aquela que reduz a ação dos radicais livres que, por sua vez, oxidam as células que podem modificar a estrutura do DNA causando o câncer. A vitamina E é encontrada, principalmente, nos óleos vegetais, sementes, nozes e também em folhas verdes. Uma substância que está em alta é o óleo de cártamo que tem altas doses de vitamina E.

Metabolismo Absorção

A Vitamina E é absorvida no intestino delgado. Por ser uma vitamina lipoproteica sofre a ação da enzima Lipase Lipoproteica (LPL). Algumas substâncias presentes na nossa dieta pode reduzir a absorção da vitamina E pelo nosso organismo. Muitos ácidos graxos insaturados (principalmente os poli-insaturados) “sequestram” a vitamina E para fazer parte da membrana celular.noz

Benefícios da vitamina E

Ação antioxidante

É a quantidade de vitamina E que determina o quanto ela será oxidada pelos radicais livres, portanto, esse nutriente é o antioxidante mais importante das células. O grande segredo da vitamina E está em fornecer o ânion H+ para a membrana da célula e com isso impede as reações em cadeias provocadas pelos radicais livres presentes no nosso corpo.

Outra dica é tomar o suco verde que também possui propriedades antioxidantes.

Prevenção da hipertensão arterial

A propriedade antioxidante da vitamina E acaba trazendo outros vários benefícios para a nossa saúde. A grande responsável pelo desenvolvimento da hipertensão arterial são as placas de ateroma, acúmulo de gordura que se acopla à parede dos vasos. Porém, isso acontece apenas quanto a gordura é oxidada. Portanto, se você tem a sua taxa de vitamina E adequada, ela ajudará a combater esse problema.canola

Mal de Alzheimer e Doença de Parkinson

Ainda não se sabe exatamente o gatilho que desencadeia essas duas patologias neurodegenerativas, porém, o que se observa nos pacientes é a morte de algumas células, principalmente da região da memória. Alguns pesquisadores acreditam que o estresse oxidativo causado pelos radicais livres podem acelerar a perda dos neurônios.

Deficiência de vitamina Ecastanha para

A baixa ingestão de vitamina E não causa uma patologia propriamente dita, mas pode provocar diversos sinais e sintomas que atrapalham o dia a dia e pioram a qualidade de vida da pessoa. São eles:

  • degeneração neuronal;
  • anemia hemolítica: não há glóbulos vermelhos suficientes no corpo;
  • agregação plaquetária;
  • redução de creatina sérica;

Se a deficiência durar muito tempo pode causar problemas mais sérios como alterações no fígado e também lesão muscular. É muito rara uma deficiência de vitamina E, por isso, é mais comum ver em casos nos quais já tenha uma patologia preexistente: obstrução do ducto biliar, fibrose cística, síndrome do intestino curto e também pessoas que possuem uma modificação genética que não conseguem absorver a gordura dos alimentos de forma eficiente.rucula

Consumo em excesso

Isso ocorre quando o indivíduo ingere mais de 1000 mg por dia e isso pode fazer com que a vitamina E tenha um efeito inverso, o de oxidação celular. Quando isso ocorre, normalmente, é por meio do consumo de suplementação sem orientação profissional.

O suplemento de vitamina E é usado apenas em casos onde há má absorção intestinal de gorduras ou quando há alguma doença que impeça a pessoa de realizar a absorção do nutriente de forma satisfatória. Qualquer tipo de suplemento deve ser prescrito por um profissional.

Separei mais esses conteúdos para você:

Mais conteúdo Similar

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui