Erros comuns que todos cometem na malhação

U Fabíola Cunha    t 15 de outubro de 2016


Algumas informações parecem exclusivas daqueles que têm um personal trainer enquanto você divide a sala de musculação com todo mundo? Pois saiba que alguns erros comuns a todas as pessoas, até aquelas que treinam com instrutor exclusivo, podem ser evitados.

Não se debruce demais sobre a bicicleta

erros

Se você costuma descansar sobre o guidão enquanto pedala forte na aula de spining, a parte inferior do seu corpo não está trabalhando tanto quanto poderia. E você definitivamente não está colocando seus glúteos e core para funcionar, mas o pior é que uma lesão fica muito perto de acontecer, pois seus ombros e pescoço estão sobrecarregados. Quando você “deita” sobre o guidão, 30% do peso vai para a região cervical e braços. Faça as contas.

Aproveite e confira nossa matérias sobre a alimentação correta para quem treina.

Atenção à respiração!

erros

Inspirações e expirações curtas e superficiais são os problemas mais comuns durante os exercícios. Respirar profundamente recruta mais oxigênio para que seus músculos funcionem de forma eficiente. Com tomadas de fôlego curtas, apenas seu peito se move. Com movimentos mais profundos, o abdome se mexe. E lembre-se: fez força, inspire; relaxou, expire. Na corrida, expire quando o pé tocar o solo, não antes. Como o diafragma relaxa na expiração, o core não fica tão estável – e você não quer “aterrissar” no momento de instabilidade.

Você só trabalha alguns músculos

erros

Não negligencie músculos como os eretores da espinha, os romboides e os rotadores externos do ombro. Não sabe quais são? Tudo bem, o mais indicado é pedir o auxílio de um instrutor ou educador físico para acertar no trabalho desses preciosos músculos. Senão é só uma questão de tempo até conquistar uma lesão nas costas ou ombros.

Você só faz um tipo de exercício

erros

Spinning pode ser seu amor verdadeiro, mas você deveria experimentar mais. Dedicando-se apenas a um tipo de exercício, mesmo que cardio, você fortalece um lado dos músculos e deixa os outros fracos, o que pode desestabilizar as articulações. Combine cardios diferentes, como corrida, remo e os exercícios de pliometria, que combinam saltos e contrações rápidas.

E você? Corrigiu recentemente um erro que nem sabia estar cometendo? Conte nos comentários abaixo!


Deixe uma resposta