Priorizar carga ou amplitude de movimento?

U Marcos A.    t 22 de janeiro de 2015


Muitas dúvidas acabam surgindo durante os exercícios. Para os iniciantes ou mesmo para aqueles que malham há algum tempo a dúvida pode surgir. Qual é o melhor: aumentar a amplitude de movimento ou aumentar a carga? O que é mais eficiente e traz maiores resultados?

Priorizar carga ou amplitude de movimento?

Uma verdade que muitos conhecem, mas poucos praticam é que a execução do movimento de maneira correta é muito mais importante do que a quantidade de carga que é erguida. O problema é encontrar o ponto de equilíbrio entre a carga necessária e a execução adequada.

Dica: Conheça os melhores tipos de treino.

O que é mais fácil?

É claro que você irá preferir exercícios com menor amplitude de movimento. Por exemplo, é mais fácil realizar flexão do joelho ou flexão plantar? Este é muito mais fácil de fazer, pois a amplitude do tornozelo é muito pequena, portanto mais simples de ser feita.


Neste caso, quando a amplitude da articulação é anatomicamente pequena, você está liberado para colocar uma carga maior ainda que o grupo muscular trabalhado seja menor. Quando colocamos uma carga que provoque microlesões e a amplitude do movimento não é prejudicada, então acabamos de encontrar o ponto de equilíbrio.

Estudos

Em uma pesquisa, na qual 20 pessoas participaram, 10 fizeram agachamento com a amplitude completa e  as outras 10 treinaram com apenas a amplitude parcial do movimento. O programa de treinamento era igual e apenas as cargas foram modificadas.

Priorizar carga ou amplitude de movimento?

A conclusão do estudo chegou ao fato de que o grupo que usava carga menor e maior amplitude de movimento conseguiu um resultado melhor do que o da execução parcial. O grupo obteve maior hipertrofia, massa magra e aumento de força.

Um outro estudo analisou a questão do risco de lesão durante o afundo usando a amplitude de movimento completa. O autor chegou a conclusão de que o exercício não aumenta o risco de lesões. Além do mais foi constatado que, a longo prazo, o risco de lesão aumenta no exercício parcial. Com isso, a pesquisa chegou a conclusão de que o maior causador de lesões é o excesso de carga.

Priorizar carga ou amplitude de movimento?

Como aplicar esse conhecimento ao seu treino?

A execução do exercício sempre deve estar em primeiro lugar por dois motivos: evitar lesão e aumentar o desempenho dos treinos. Se você precisou compensar para realizar o movimento é porque é necessário reduzir a carga e fazer o movimento da maneira correta. Vá aumentando o peso de maneira gradual para evitar esse tipo de compensação do movimento.

Obtendo melhor resultado no treino

Priorizar carga ou amplitude de movimento?

Diante disto é possível analisar que pessoas que priorizam a execução do movimento acabam adquirindo mais hipertrofia em menor tempo. Também é mais interessante realizar e priorizar os movimentos que envolvem mais articulações já que recrutam uma quantidade muito maior de unidades motoras.


Deixe uma resposta