Pilates para Idosos – Benefícios e Importância da Atividade

A prática de pilates para idosos é uma das alternativas mais incríveis e viáveis para manter a qualidade de vida e, claro, a saúde muscular. Mas, o que exatamente faz deste exercício, algo vantajoso para que os idosos possam tirar proveito?

No texto de hoje, vamos entender os principais benefícios da prática de pilates para idosos. São diversas situações que acabam fortalecendo e, claro, prevenindo lesões que podem vir a acontecer no dia a dia.

Para entender tudo sobre o tema, continue lendo!

pilates para idosos
Idosa descansando depois do treino – Foto: Freepik

Pilates para Idosos – Quais os benefícios?

A partir do momento que você entende o que é pilates, automaticamente começa a imaginar e perceber o quanto esta prática pode ser incrível para o seu dia a dia. Afinal, os benefícios são realmente muito grandes, principalmente para pessoas idosas.

Ou seja, o pilates para idosos é uma realidade que deve ser entendida e, minimamente, estudada por quem busca mais qualidade de vida e um exercício para o corpo todo. Porém, antes de mais nada, recomendamos que você sempre busque uma recomendação profissional antes de iniciar qualquer tipo de treinamento, ok?

Afinal, seu corpo e organismo são únicos e, claro, o treino também precisará ser montado de acordo com suas necessidades. Respeitar seu corpo e seus limites é tão importante quanto ter hábitos saudáveis para o médio e longo prazo.

A partir disso, vamos entender 4 incríveis benefícios da prática de pilates para idosos, que são:

  • Menos desconfortos de forma geral;
  • Reforço e fortalecimento muscular;
  • Mais flexibilidade para o dia a dia;
  • Tratamento de lesões musculares;

Vejamos cada um dos itens de forma individual a partir de agora. Continue lendo!

Menos desconfortos de forma geral

O primeiro excelente benefício que o pilates para idosos pode oferecer, é a diminuição de desconfortos de forma geral. Ou seja, quando o exercício é colocado em um plano de longo prazo, o corpo começa a se transformar e “suportar” de forma muito mais adequada as situações do dia a dia. E aqueles famosos desconfortos musculares acabam também sendo reduzidos.

Para que este tipo de vantagem seja definitivamente válida, é importante entender que qualquer exercício vai, no início, deixar o corpo dolorido. Seja a prática de musculação ou seja práticas aeróbicas. Afinal, o corpo está em processo adaptativo.

E com o pilates, o mesmo acontece. Então, antes de as dores musculares desaparecerem, elas tendem a aumentar para que, depois, dificilmente reapareçam.

idosos treinando
Idosos treinando – Foto: Freepik

Reforço e fortalecimento muscular

O pilates para idosos é incrível para que os músculos se adaptem e fiquem muito mais fortalecidos. Ou seja, o fortalecimento muscular é uma realidade para quem pratica pilates, principalmente para aquelas atividades constantes e regulares.

Nós sabemos o quão importante é para pessoas idosas buscarem qualidade de vida todos os dias. Porém, para que haja esta qualidade de vida hoje, é preciso agir no “ontem”. Ou seja, é preciso plantar a sementinha da importância do exercício físico o quanto antes para que, na terceira idade, o corpo esteja muito mais forte e resistente.

Como complemento, é importante que você sempre tenha auxílio de um profissional de educação física e, claro, de um médico especialista para indicar as melhores práticas para o seu corpo e sistema muscular. Evite exercícios exagerados, pois eles podem provocar lesões e deixar você parado por muito mais tempo.

Entenda mais aqui sobre exercícios para pessoas idosas.

pilates para idosos
Treino de pilates – Foto: Freepik

Mais flexibilidade para o dia a dia

O pilates para idosos é, sem dúvida nenhuma, um exercício ideal para trazer de volta a flexibilidade da fase jovem. Afinal, as práticas e atividades realizadas podem fazer com que os músculos voltem a ficar fortes e flexíveis. E isto reflete de forma positiva em todos os contextos da vida.

A flexibilidade é, talvez, um dos pilares maias importantes para se ter qualidade de vida no médio e longo prazo. Afinal, imagine o quão ruim pode ser a limitação de movimentos e a falta de elasticidade para realizar tarefas simples do dia a dia, como se abaixar para limpar o chão ou mesmo se esticar para pegar um objeto no alto de uma estante.

Conforme a idade vai avançando, infelizmente, estas simples atitudes acabam sendo “deixadas de lado” por conta da limitação muscular que nosso corpo impõe. Mas, saiba que isso pode ser revertido com a ajuda do pilates. Praticar da forma certa, com os profissionais certos e na medida certa, poderá fazer com que você volte a se sentir jovem novamente.

descanso depois do treino
Idoso preparado para treinar – Foto: Freepik

Tratamento de lesões musculares

E por fim, o pilates além de evitar uma série de situações difíceis na fase idosa, ajuda você a tratar lesões musculares. Elas são comuns quando nós menos esperamos. E ter um tratamento adequado é mais do que importante. Não só para corrigir a lesão, mas para fazer com que ela não evolua.

Neste caso, o pilates pode ser esta ajuda que você tanto precisa para desaparecer com as as dores provocadas por lesões musculares que talvez você nem sabe como adquiriu. Muitas vezes, o simples ato de se abaixar ou fazer um pouco mais de força do que o habitual, pode fazer com que haja o rompimento de ligações do tecido muscular. Isso dói e, claro, impossibilita a sequência normal das atividades.

Para tratar, nada melhor do que contar com ajuda de profissionais para agir no lugar certo e pontual. E não apenas medicar o corpo inteiro, sem saber exatamente o que está acontecendo. O pilates, então, torna-se uma alternativa prática e viável para quem busca por processos “naturais”, menos invasivos e personalizados.

Leia mais aqui sobre como evitar lesões musculares e cuide-se!

Separei mais esses conteúdos para você:

Mais conteúdo Similar

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui