Abdominais hipopressivos: Conheça os benefícios e saiba como fazer

U Milena Costa    t 10 de fevereiro de 2018


Entre as o exercícios mais comuns estão as abdominais, as abdominais hipopressivos, no entanto, trazem mais benefícios que o exercício tradicional.

Muitas pessoas, no entanto, não conseguem fazer abdominais, não podem ou sentem dores. Nesse artigo você conhece mais sobre as abdominais hipopressivos e aprende a fazer em casa ou na academia. Para ter um treino completo.

Abdominais hipopressivos

O que são Abdominais hipopressivos

O objetivo das abdominais hipopressivos é tonificar os músculos abdminais, assim como o exercício tradicional. A diferença é a pressão que é feita de forma diferente.

O abdominal na forma tradicional, deitado e levantando o tronco, faz pressão para a decida de alguns órgãos. Podendo causar mal funcionamento intestinal, incontinência urinária e fecal, além das tradicionais dores nas costas.

Abdominais hipopressivos, no entanto, não causam tais problemas, e tem o mesmo efeito de tonificar a região do abdômen.

Abdominais hipopressivos

Aproveite para conferir nosso artigo sobre pilates, seus benefícios e princípios

Benefícios

Como já foi dito, abdominais hipopressivos trazem muitos benefícios, e são melhores do que os abdominais tradicionais. Abaixo você encontra uma série de benefícios que a prática regular desse exercício traz:

  • Redução do perímetro abdominal;
  • Previne a descida de órgãos internos;
  • Melhora a postura corporal;
  • Fortalece os músculos abdominais e o pavimento pélvico;
  • Reduz o risco de lesões musculares e nas articulações durante as práticas desportivas;
  • Melhora a capacidade sexual, graças ao aumento da vascularização na região pélvica;
  • Melhora da capacidade anaeróbica;
  • Combate à incontinência urinária;
  • Regularização do trânsito intestinal;
  • Previne hérnias abdominais, de disco ou inguinais;
  • Previne dores na coluna.

Abdominais hipopressivos

Aproveite para conferir também nosso artigo sobre yoga em casa e os primeiros passos para praticar sozinho

Cuidados ao fazer

  • Sempre contraia os músculos pélvicos ao encolher a barriga ao máximo;
  • Faça estes exercícios entre 3 e 5 vezes por semana;
  • Não faça estes exercícios após comer;
  • Inicie os exercícios de forma leve, com poucas contrações e vá aumentando o número de contrações aos poucos. Respeite os limites do seu corpo

Aproveite para conferir também nosso artigo sobre 7 dicas para vencer a preguiça na hora de malhar

Como fazer

Você pode fazer essa abdominal de algumas formas, deitando com as costas no chão, com as pernas dobradas e a sola dos pés no chão. Sentado com as pernas dobradas. Na posição quatro apoios. E de pé inclinado para frente.

Após escolher a posição você deve encolher a barriga enquanto inspirar o ar dos seus pulmões. Depois você deve contrair os músculos do abdômen e manter essa posição o máximo que puder.

Abdominais hipopressivos

Depois respire normalmente mas mantenha o abdômen contraído ainda por alguns segundos. Depois disso relaxe. Repita o movimento em 5 séries de 15 segundos.

Aproveite para conferir nosso artigo sobre como emagrecer com suplementos alimentares

Saiba que cada pessoa tem maior facilidade em algumas posições que podem ser mais difíceis para outras. Para encontrar a melhor posição para você será preciso testar todas as posições. Mas se é iniciante tome cuidado para não exagerar.

Emagrece?

A questão para muitas pessoas é se abdominais hipopressivos emagrecem. É claro, que é preciso aliar a outras atividades físicas e boa alimentação para que esse exercício ajude no emagrecimento.


Uma resposta para “Abdominais hipopressivos: Conheça os benefícios e saiba como fazer”

  1. Vera Lúcia Do Nascimento Pereira disse:

    Sensacional a opção da abdominal hipopressiva, além de trazer mais benefícios.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *