Treino em Casa – O que fazer e o que evitar

Muita gente tem optado pelo treino em casa como uma forma de se manter seguro das adversidades do mundo externo. Este é um cenário cada vez mais comum no Brasil, uma vez que as pessoas tem demonstrado mais importância para as atividades físicas. Afinal, elas são extremamente importantes para nosso corpo.

Acabar com o sedentarismo não é fácil. Porém, é preciso. E para quem não quer começar em uma academia por sentir vergonha ou qualquer outra reação negativa do corpo, começar com treinos em casa pode ser uma boa ideia. Mas, saiba que não é simplesmente começar a fazer qualquer atividade e de qualquer jeito.

É preciso tomar todos os cuidados para não se machucar, para realizar as atividades corretamente e para não forçar o corpo a limites desnecessários. Então, o intuito deste texto não é mostrar os melhores treinos para fazer em casa. Mas sim, fazer você entender que existe um processo anterior a simplesmente se apoiar em móveis.

Vamos entender a partir de agora. Acompanhe!

academia caseira
Rapaz treinando em casa – Foto: Freepik

Treino em casa – O que fazer?

Ao realizar um treino em casa, é preciso considerar algumas situações. Antes de mais nada, você precisa entender que a sua casa não é sua academia. Embora hajam exercícios fáceis para fazer em casa, é importante saber diferenciar os ambientes. E justamente por este motivo, algumas pessoas acabam desmotivando da ideia de treinar em suas próprias casas.

Seja por achar que “não vale à pena” ou seja por considerar muito difícil. O que também é negativo, pois o corpo precisa de movimento. Ele não pode ficar parado a ponto de ser sedentário. Porém, ele também não pode sofrer impactos causados por falta de informações, erros de postura ou excesso de peso.

Basicamente, para fazer um treino em casa você deve seguir o seguinte:

  1. Não invente moda – Fazer o básico é melhor do que não fazer nada;
  2. Siga indicações de seu instrutor da academia;
  3. Respeite os limites do seu corpo – Não queira “compensar”;
  4. Use tênis e evite lesões no joelho;
  5. O seu corpo será o peso principal;

Falaremos detalhadamente sobre cada um dos tópicos acima. Acompanhe.

Não invente moda – Fazer o básico é melhor do que não fazer nada

O primeiro critério a se considerar para fazer um bom treino em casa, é simples: não invente moda! Não é preciso querer reinventar a roda para ter bons resultados com seus treinos. Tudo que você precisa fazer, é construir um ritmo de acordo com suas necessidades e possibilidades.

E o que isto significa na prática? Significa que não há problema de você começar devagar. E, se você já treina pesado em alguma academia e agora precisa treinar em casa, você também não precisa “simular” a academia na sua casa. Afinal, você não terá equipamentos, ergonomia e a segurança que uma academia oferece para treinar de forma mais intensa.

E para quem sente-se desmotivo para treinar em casa, achando que os resultados não virão, saiba que isto não é verdade. Por isso, treine em casa com o princípio inicial de movimentar o corpo e não deixá-lo sedentário. Depois almeje objetivos maiores. Um passo de cada vez, ok?

treino em casa
Rapaz treinando em casa – Foto: Freepik

Siga indicações de seu instrutor da academia

Se você já treina em alguma academia e agora, por algum motivo, precisa treinar em casa, não deixe de seguir as recomendações de seu instrutor. A motivação para treinar torna-se maior quando você tem alguém acompanhando sua evolução. Além de que você tende a fazer treinos de forma mais ordenada e menos “imaginativa”.

Lembre-se que, antes de fazer um treino de qualquer jeito, é preciso fazê-lo certo. Ou seja, um movimento que você fazia de uma forma, pode ter um efeito extremamente melhor com poucos ajustes, se for o caso. Então, se você já treina em uma academia, peça instruções para seu tutor de como treinar em casa. E, se você não treina em academias, não deixe de consultar um instrutor para também lhe auxiliar com treinos em casa.

Respeite os limites do seu corpo – Não queira “compensar”

Esta frase muitas vezes soa como negativa na cabeça das pessoas. Mas, respeitar os limites do seu corpo é fundamental para ter bons resultados no médio e longo prazo, que é o que realmente traz saúde para nosso corpo. Há quem queira perder a gordura acumulada de 20 anos no corpo, em 1 mês de treinos. E há quem queira “compensar” uma semana sem treinos em um treino ultra pesado e corrido.

Isso não funciona. Na verdade, isso atrapalha. Pelo simples fato de que quando você vai ao extremo de uma única vez, a mente tende a criar empecilhos para os próximos treinos. Então, vá aos poucos. Se faltou ao treino na academia, não queria compensar 100% em casa. Treine em casa sim caso tenha faltado. Mas como uma forma de movimentar o corpo, não de recuperar o treino perdido.

treino em casa
Mãe e filha treinando em casa – Foto: Freepik

Use tênis e evite lesões no joelho

Usar tênis é fundamental. E isto é algo que talvez passe despercebido ou soe como desnecessário por quem está em casa. Mas a verdade é que o tênis possui uma função extremamente importante no corpo, que é proteger o joelho e os músculos dos impactos sofridos durante uma prática física.

Então, mesmo que você esteja fazendo treinamentos caseiros, use tênis. Isto ajudará a amortecer impactos de pulos, de corridas e também oferecerá conforto para o treino ficar mais prático. Treinar descalço, por exemplo, é extremamente difícil. Nós não temos uma boa estrutura na sola do pé para aguentar impactos. E o tênis ajuda muito a tornar as coisas minimamente mais fáceis.

Veja aqui os melhores tênis para corrida.

O seu corpo será o peso principal

Quando treinamos em casa, a não ser que tenhamos halteres ou outros equipamentos básicos, nosso corpo torna-se o peso principal. E o que isto quer dizer? Que, se você treinava em academias anteriormente com pesos avulsos, treinar em casa pode exigir mais do seu corpo. Afinal, muitas vezes o peso avulso pode não chegar perto do peso do corpo em si.

Então, se você ainda é iniciante, sempre considere este aspecto: o peso do corpo precisa ser respeitado! Forçar demais alguma posição, movimento ou exercício em si pode causar lesões sérias em regiões complicadas, como por exemplo, a coluna.

treino em casa
Mulher fazendo um treino em casa – Foto: Freepik

O que evitar em um treino em casa?

Já entendemos que um bom treino em casa pode fazer a diferença positiva no seu dia a dia. Ou seja, pelo simples fato de evitar o sedentarismo e movimentar o corpo, você já pode sentir resultados positivos.

Mas, é preciso evitar situações que possam ser perigosas. Como você já sabe, sua casa não é sua academia. É claro que em alguns casos pode ser (você pode ter comprado equipamentos e montado). Mas, na grande maioria das vezes, não temos suporte técnico para realizar alguns treinos que na academia tornam-se simples.

Você até pode improvisar halteres ou até mesmo um supino. Mas a ergonomia dos equipamentos da academia é feita pensada no peso que determinado corpo pode levantar. Já a poltrona ou estofado da sua casa, não.

Entenda a seguir alguns critérios para evitar durante treinos caseiros.

  1. Cuidado ao usar móveis como suporte ou estrutura;
  2. Cuidado ao forçar sua coluna – Os aparelhos da academia possuem ergonomia;
  3. Evite treinar próximo de móveis;
  4. Treine em casa para movimentar o corpo;

Cuidado ao usar móveis como suporte ou estrutura

O primeiro ponto, então, é cuidar com o uso de móveis da sua casa. Muitas vezes eles acabam virando suporte ou estrutura para realizarmos uma posição ou um treino em si. A criatividade, neste caso, pode ter um preço. Afinal, basta pensarmos que o móvel em si não foi feito para ser suporte de treino.

Por mais que ele seja prático neste momento para esta função, sempre redobre a atenção e não deposite 100% da sua confiança de que uma cadeira ou mesa possam suportar seu peso ou toda sua força, ok?

academia caseira
Menina treinando em casa – Foto: Freepik

Cuidado ao forçar sua coluna – Os aparelhos da academia possuem ergonomia

Conforme já mencionamos durante boa parte do texto, é importantíssimo que você nunca esqueça que os aparelhos da academia possuem ergonomia. Ou seja, eles são feitos não só para se adaptarem ao seu corpo, mas são feitos para se adaptarem ao seu corpo em movimentos de força!

Então, simplesmente fazer o mesmo exercício, com os mesmos pesos da academia em um estofado convencional ou uma poltrona, pode não ser positivo. Uma simples torção ou estiramento muscular pode fazer com que você tenha que deixar os treinos de lado por um bom tempo. Por isso, cuidado!

Veja aqui o que é alongamento e como isso é importante para seu corpo.

Evite treinar próximo de móveis

Esta dica está relacionada aos cuidados básicos com a dica anterior. Além de tomar todos os cuidados ao subir ou se pendurar em móveis, evitar o treino ao lado deles é tão importante quanto. Afinal, imagine que você esteja pulando cordas e, de repente, a corda engata na televisão que está pendurada na parede. Bom, o estrago está feito.

Por isso, antes mesmo de simplesmente sair fazendo qualquer movimento mais abrupto dentro de casa, é preciso também analisar o local e fazer as medições (nem que sejam mentais).

Treine em casa para movimentar o corpo

E por último, talvez a dica mais importante: se você busca treinar em casa como forma de se tornar extremamente musculoso em poucos dias ou emagrecer 20 quilos em 1 semana, cuidado. Estes extremos podem fazer não só você desistir logo no início, mas também, podem causar lesões desnecessárias.

Então, faça um bom treino em casa sim. Mas, faça-o para movimentar o corpo. Não para fazer performances incríveis.

Separei mais esses conteúdos para você:

Mais conteúdo Similar

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui