Como usar menos óleo na dieta

U Marcos A.    t 2 de novembro de 2015


O que mais a gente tenta é perder uns quilinhos aqui e ali e, é claro, ter uma vida mais saudável. Existem várias formas de fazer isso: fazer escolhas mais saudáveis e praticar atividade física são as principais. Um grande vilão para quem quer uma dieta equilibrada é a gordura.

Existem gorduras boas, que aumentam o HDL, reduzindo o risco de doenças cardiovasculares e temos as gorduras ruins, que entopem as artérias e causam muitos problemas de saúde. Não importa qual seja, tudo que ingerimos em excesso acaba sendo estocado em forma de energia no nosso corpo, especialmente na região abdominal.

Como usar menos óleo na dieta

Hoje em dia, o que mais utilizamos são os óleos vegetais feitos à base de soja, girassol, canola e outros. Também temos os mais saudáveis como o azeite cujos benefícios vêm sendo amplamente divulgados. Além de fazer bem para a saúde do sistema cardiovascular, o azeite e rico em antioxidantes,  retardando o envelhecimento.

O problema é que, mesmo sabendo dos riscos, ainda estamos consumindo mais gordura do que realmente precisamos. A quantidade ideal é de 20 a 35% por dia desse nutriente e isso oscila muito a depender das suas necessidades físicas. Por exemplo, a taxa de gordura que deve ser consumida por um praticante de esportes assíduo é bem diferente daquela consumida por uma pessoa sedentária.

Saiba tudo o que você precisa sobre o óleo de coco.

Toda gordura é ruim?

Como usar menos óleo na dieta

Nem toda gordura faz mal ao nosso corpo. Por exemplo, as oleaginosas como castanhas, nozes, amendoim são ricas em gorduras poli-insaturadas e monoinsaturadas que são benéficas para o organismo. Temos que tomar maios cuidado com as gorduras saturadas (tipicamente gordura animal) e com a gordura trans, aquela encontrada em sorvetes, biscoitos recheados e alimentos industrializados.

Como reduzir o uso do óleo nos alimentos

É como diz o ditado “de grão em grão a galinha enche o papo”. Diminuir o óleo nas refeições durante o dia vai te deixar com um saldo positivo ao final dele. Uma das maneiras mais práticas de fazer isso é evitando as frituras. Dê preferência para comidas grelhadas e cozidas ou então, você pode comprar uma daquelas fritadeiras sem óleo.

Como usar menos óleo na dieta

Na preparação de bolos, pizzas e outras receitas que são preparadas no forno, é comum utilizar manteiga, margarina ou óleo para untar a assadeira. Uma dica muito simples e prática é substituir todas essas opções pelo papel manteiga. Ele ainda ajuda a deixar a forma limpinha, sem grudar a comida ou queimar.

Óleos mais saudáveis

Muito tem se falado sobre o óleo de azeite ser mais saudável e o mais indicado para a alimentação, inclusive frituras. Porém, é preciso tomar certo cuidado porque acima de 180° a estrutura molecular do óleo se desfaz, formando outras. O azeite, se elevado a altas temperaturas, acaba se transformando numa gordura tão danosa quanto qualquer outra. Portanto, caso você prefira usar o azeite, que seja sempre em fogo brando.

Como usar menos óleo na dieta

Embalagem de spray

É possível encontrar nos supermercados óleos em embalagens de spray. Isso ajuda bastante na hora de cozinhar, pois assim não há o risco de colocar uma grande quantidade na comida e ajuda a dosar melhor a quantidade de gordura na hora de preparar os alimentos.

Use papel toalha

O papel toalha pode ser o salvador da pátria quando o assunto é gordura. Primeiro, caso você exagere na dose, pode usá-lo para absorver a gordura que foi em excesso. Ele também serve para espalhar o óleo na panela. Com algumas gotinhas você consegue untar a panela toda com a ajuda do papel toalha.

Como usar menos óleo na dieta

Como vocês podem ver são medidas simples que podem fazer toda a diferença na hora de se alimentar. Você pode não ter dinheiro para pagar uma nutricionista ou tempo para praticar exercícios físicos. Mas com pequenos gestos é possível melhorar a qualidade de vida e evitar doenças no futuro.

Descubra o que provoca o crescimento da terrível gordura abdominal.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *