Conheça a Dieta Low Carb

0

Como o próprio nome já diz, essa dieta tem como sua principal característica a restrição do consumo de carboidratos. O recomendado é que a nossa dieta diária tenha de 50 a 55% desse nutriente presente na alimentação. Na dieta Low Carb, o carboidrato pode ser restrito para até 5% do total na alimentação. Mas, é importante salientar que um consumo diário com menos de 40% dessa substância na alimentação pode causar alguns efeitos colaterais como hipoglicemia, tonturas, enjoos, hipotensão, entre outros.Nutrição esportiva

Porém, como uma boa opção, temos aqui a substituição desses carboidratos comuns pelos complexos ou carboidratos de baixo índice glicêmico. Esse tipo é capaz de liberar o açúcar na corrente sanguínea de forma lenta e gradual, não provocando, dessa forma, o que chamamos de pico de insulina. Além de prevenir contra uma possível diabetes, a ingestão de carboidratos complexos evita que o açúcar seja armazenado no tecido adiposo em forma de gordura. A presença de fibras nesses alimentos também ajuda na liberação de um hormônio chamado glucagon, que ajuda a queimar a gordura que está estocada nas células. Além desse, veja outros benefícios dessa dieta.

Carboidrato que emagreceglutn

É possível usar esse nutriente a nosso favor. Além de ingerir os do tipo complexo, que possuem baixo índice glicêmico, eles conseguem prolongar a sensação de saciedade. Fontes desses alimentos que possuem fibras como o pão e o arroz integral são as melhores opções. Eles reduzem a velocidade da absorção de insulina pelo organismo e assim evitam o acúmulo de gordura no corpo.

Conheça também a dieta do carboidrato.

Por quanto tempojp

Toda dieta que restringe algum grupo de nutriente não deve ser seguida por muito tempo. Nosso corpo precisa de todas as substâncias que a natureza pode nos oferecer, até mesmo das gorduras, para manter o bom funcionamento das suas funções. Outro problema que esse tipo dieta pode apresentar é a substituição do carboidrato pelas proteínas como fonte de energia. A perda de peso se acentua, mas os problemas também. O excesso de proteína na dieta, ou seja, acima de 20% por dia, pode causar problemas nos rins e prejudicar outros órgãos. Se pretende seguir a dieta Low Carb por mais de um mês, não reduza a quantidade de carboidratos para menos de 40%.

Previne o diabetes

Por causa da ingestão de alimentos com baixo índice glicêmico, evita que uma grande quantidade de insulina seja liberada no sangue para metabolizar o açúcar. Esse nutriente é liberado aos poucos e portanto, não forma o pico de insulina, que pode causar a intolerância à glicose e por sua vez, levar a diabetes tipo II.proteína

Não apenas para quem deseja seguir essa dieta, mas sim para todos, é aconselhável o consumo de carboidratos de baixo índice glicêmico. Hoje em dia é possível encontrar dezenas deles nas prateleiras dos supermercados: biscoitos, pães, arroz, massas, entre outros. Qualquer tipo de exagero é prejudicial à saúde e o corpo sofre com as consequências. Dietas com restrição de nutrientes não é aconselhável para quem pratica exercícios físicos de maneira regular, pois interfere no desempenho dos músculos e de órgãos importantes como o coração e o pulmão.

Separei mais esses conteúdos para você:

Mais conteúdo Similar

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui