Serotonina: prazer e bem-estar

U Marcos A.    t 4 de dezembro de 2015


A serotonina é um neurotransmissor, ou sejam, enviam mensagens e sensações pelo corpo. No caso dessa substância, ela é uma das responsáveis pela sensação de bem-estar e prazer que sentimos, por exemplo, quando acabamos de praticar alguma atividade física.

Além disso, ela também participar de outras funções do corpo relacionadas como a regulação do ritmo circadiano, do fome e do sono. Já existem diversos fármacos no mercado, que são produzidos com base na serotonina e que participam do tratamento de diversas patologias psiquiátricas como a depressão, obesidade, ansiedade e esquizofrenia.

Funções e benefícios da serotonina

Trata os distúrbios do humor

Serotonina: prazer e bem-estar

Nem todos os casos de depressão e ansiedade se dão por causa das baixas taxas de serotonina circulante. Em muitos caso, a quantidade está dentro do normal. O que está prejudicado é, na verdade, a transmissão da substância.

Boa parte dos medicamentos que combatem essas doenças psiquiátricas são os inibidores seletivos de captação de serotonina. O papel deles é o de garantir que uma quantidade maior de serotonina fique disponível entre a fenda sináptica.

Promove saciedade

Serotonina: prazer e bem-estar

Essa relação íntima entre a serotonina e a sensação de saciedade ocorre no hipotálamo, uma região do nosso cérebro envolvida em vários processos metabólicos. Quando a produção de serotonina está baixa, as pessoas acabam recorrendo aos carboidratos (doces, massas, tortas), que aumentam a produção de serotonina.

A serotonina participa do que chamamos de Estado de Vigília Quieta que está relacionado, diretamente, tanto com a vontade de comer quanto com a atividade sexual.

Previne cólicas e a TPM

Serotonina: prazer e bem-estar

Os sintomas da TPM como irritação, ansiedade, impaciência e outros, estão relacionados com a presença de serotonina. Além do mais, esse neurotransmissor também está responsável pela contração e espasmos musculares que ocorrem durante o ciclo menstrual e que causam as cólicas.

Regula o sono

Serotonina: prazer e bem-estar

A serotonina é um dos neurotransmissores que participam do Estado de Vigília e ajuda a regular o sono. Ela está relacionada ao estado de alerta, mas só atua nas primeiras fases do sono. Muitos de nós já tivemos aquela sensação de que vamos cair da cama logo na primeira fase do sono. A serotonina é uma das substâncias que nos fazem acordar.

Saiba quais alimentos podem acabar com a insônia.

Tratamento da enxaqueca

Serotonina: prazer e bem-estar

Quem tem enxaqueca sabe como é difícil conviver com ela. Por isso, muitas medicações são prescritas, a maioria delas tem como componente a serotonina. A maioria trabalha inibindo a recaptação de serotonina e assim, ela fica disponível na fenda sináptica, aumentando a sensação de prazer e bem-estar.

Pode inibir a atividade sexual

Serotonina: prazer e bem-estar

Mesmo sendo conhecida como o “hormônio do prazer”, a serotonina, quando em excesso pode causar um efeito rebote e inibir a libido. Por exemplo, pessoas que fazem isso de antidepressivos podem ter a sua libido reduzida pois eles aumentam a liberação de serotonina no organismo.

Como aumentar a produção de serotonina

Você não precisa fazer uso de medicamentos para aumentar a produção de serotonina. Existem várias outras formas de fazer com que esse neurotransmissor participe de forma mais ativa do nosso dia a dia.

Consumir carboidratos

Serotonina: prazer e bem-estar

Sim, essa não é uma das melhores opções porque pode elevar o peso, mas se você praticar exercícios frequentemente, comer um doce de forma moderada não vai prejudicar o seu físico. O mecanismo é simples: uma quantidade maior de carboidratos circulantes permite que o triptofano (um aminoácido que participa da síntese de serotonina) consiga passar mais facilmente pela barreira hematoencefálica.

Maior exposição à luz

Serotonina: prazer e bem-estar

Já é comprovado que pessoas que moram em regiões mais frias, nas quais o céu está sempre nublado e o chão coberto de neve, sofrem mais com a depressão. É o que se chama de Depressão Sazonal e por isso o tratamento é exposição à luz natural, ou seja, solar.

Meditação

Serotonina: prazer e bem-estar

Pessoas que praticam meditação reduzem os seus níveis de cortisol e adrenalina, hormônios diretamente ligados ao estresse. Concomitantemente, a produção da serotonina aumenta. Desta forma, quem pratica meditação tem menos chances de desenvolver doenças como a depressão e a ansiedade.

Dieta

Serotonina: prazer e bem-estar

O ideal é consumir alimentos que tenham altas doses de triptofano e também de vitamina B6: abacate, nozes, ervilhas, chocolate amargo, castanha do Pará, banana, abacaxi e outros. O consumo desses alimentos aumenta as taxas de serotonina no cérebro.

Porém lembre-se que, ainda que você tenha uma quantidade considerável de triptofano na dieta, pode não ter um nível satisfatório de serotonina. Isso ocorre porque durante a ingestão dos alimentos há uma “competição” dos mais diversos aminácidos para chegar ao cérebro. Neste caso, o consumo de carboidratos pode ajudar.

Praticar exercícios físicos

Serotonina: prazer e bem-estar

Quem faz alguma atividade física já deve ter percebido a sensação de bem estar que sente quando está voltando para a casa depois de muitos minutos se movimentando e suando. Isso ocorre porque a prática de exercícios ajuda a liberar mais serotonina. É por isso que praticar atividades físicas é uma das recomendações dos médicos para quem possui depressão.

Veja quais são todos os benefícios de praticar exercícios.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *