Os benefícios da Vitamina K

0

Também conhecida como vitamina anti-hemorrágica, a vitamina K tem como formas naturais a filoquinona ou vitamina K1 (podemos encontrar em óleos vegetais e hortaliças), também as menaquinonas ou vitamina K2 (é, em quase 100%, sintetizada por bactérias) e a menadiona ou vitamina K3.

Descubra também quais são os benefícios da vitamina A para a sua saúde.espinafre

Função e benefícios da vitamina K

Controla a hemorragia

Não é por acaso que chamam essa vitamina de anti-hemorrágica. A função da vitamina K está intimamente ligada à coagulação sanguínea. Esse é um processo que o corpo usa para impedir hemorragias quando nos cortamos com alguma coisa. Se não houvesse a coagulação sanguínea, sangraríamos até morrer. A vitamina K ajuda na síntese hepática de vários compostos que participam desse processo:

  • fatores II: pró-trombina;
  • fatores VII, IX, X: coagulação;
  • proteínas C, S e Z: inibem a coagulação;

Como ocorre a coagulação sanguíneabrocolis

Participam desse processo as plaquetas (um dos tipos de células presentes no sangue), as proteínas de coagulação e outros componentes como a fibrina, que forma um tipo de rede no local aberto. A coagulação ocorre por dois meios: intrínseco (ocorre dentro dos vasos sanguíneos quando entram em contato direto com a parte do corpo que está lesionada) e extrínseco (é chamado de “cascata de coagulação” e acontece com o sangue extravasa dos vasos).

Faz bem para os ossos

Além da vitamina B, do magnésio e do fósforo, a vitamina K também tem como função auxiliar na fixação do cálcio nos ossos. Essa função é de extrema importância já que o cálcio é um mineral que faz parte da formação do esqueleto e dos dentes. Pode ser necessária uma suplementação de vitamina K em fases mais avançadas da idade, principalmente em mulheres na menopausa.rucula

Como se dá a absorção da vitamina K

Por ser uma proteína lipossolúvel, a vitamina K depende da presença do suco pancreático e da bile para ser metabolizada. Ou seja, quem tem problemas gastrointestinais pode sofrer de deficiência de vitamina K. É no fígado que ocorre o maior estoque de vitamina K e também a síntese dos fatores de coagulação. Também é possível encontrar vitamina K em órgãos como pâncreas e coração.

Deficiência de vitamina K

Vários fatores podem estar relacionados com a deficiência de vitamina K. Não precisa ser apenas uma deficiência na dieta, pode ser também uma doença preexistente ou mesmo uma alteração genética. Veja abaixo as principais causas de deficiência de vitamina K:

  • obstrução do duto biliar;
  • pancreatite crônica;
  • doença inflamatória intestinal;
  • ingestão alimentar reduzida com uso de antibióticos;

aspargo

A deficiência de vitamina K também é conhecida como hipoprotrombinemia, ou seja, aumenta-se o tempo de protrombina que é o tempo que o sangue leva para coagular. A deficiência também pode afetar os recém-nascidos no quase de uma alimentação não adequada da mãe. Para o tratamento é necessário que ocorra a administração de 1 mg da vitamina de forma intramuscular ou 2 mg por via oral já após o nascimento com doses posteriores.

Principais fontes de vitamina K

Essa vitamina é encontra, principalmente, em hortaliças e óleos vegetais e são necessários 50 gramas dessas fontes para suprir a quantidade diária recomendada. Temos: nabo, alface, rúcula, couve-flor, brócolis, agrião, espinafre e vários outros vegetais de cor verde.aspargo

Como consumir a vitamina K

A dose ideal de vitamina K que devemos ingerir, por dia, é de 25 mg no máximo para adultos. Para as lactantes o ideal é que essa quantidade não ultrapasse os 10 mg por dia. Normalmente, não é preciso fazer uso da suplementação por que além da vitamina ser produzida no nosso corpo, ela é muito fácil de ser conseguida através da refeição. São alimentos que já comemos todos os dias, sem nos dar conta de que são boas fontes de vitamina K.

Consumo em excesso

Este, ocorre, na maioria dos casos, quando há o uso de suplementos de vitamina K sem orientação médica e quando não há necessidade. Como ela é uma vitamina que ajuda na coagulação sanguínea, o excesso de vitamina K pode causar a formação de trombos que, por sua vez, pode impedir a passagem do sangue pelos vasos e causar isquemia em várias partes do corpo.

Separei mais esses conteúdos para você:

Mais conteúdo Similar

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui